Nosso Primeiro Vinho Esloveno! Villa Brici Pinot Grigio 2013

villa_brici_pinot_grigio_2013

Amigos, depois de algum tempo sem muitas postagens aqui no blog – especialmente em função de um período de férias – voltamos com todo o gás para falar do primeiro vinho Esloveno aqui no blog! Escolhi este exemplar em uma das seleções mensais do Clube de Vinhos Winelands. Cabe lembrar que a seleção de vinhos do clube quase sempre conta com exemplares de países mais exóticos e distantes de nosso cotidiano – aí escolhi este vinho, de uma nacionalidade até então inédita aqui no blog.

Trata-se de um exemplar elaborado com uma das castas brancas que mais me agradam, especialmente pela leveza e refrescância – a Pinot Grigio. O produtor é a Klet Brda – Family Vineyards –  “Brda”, cabe destacar, é um município esloveno, que compreende a região vitivinícola de “Goriska Brda”. Continuar Lendo

Uma Ótima Dica de Vinho de Sobremesa: Salton Intenso Licoroso

salton_intenso_licoroso

Não é comum termos aqui no blog os chamados “vinhos de sobremesa” – nome pelo qual pelo menos eu procuro me referir àqueles vinhos mais alcoólicos e com o teor de açúcar mais elevado; típicos exemplares propícios para acompanhar justamente as sobremesas (isso quando o vinho em questão não é “A” sobremesa em si). Queria amigos, contudo, ter mais oportunidades de experimentar esta classe de vinho, o qual temos poucas opções no mercado. Já ouvi dizer, inclusive, que a serra gaúcha seria um Terroir bem propício para a elaboração destes exemplares – mas é assunto para outro post, chegaremos lá.

Pois bem, o exemplar de hoje é elaborado pela Salton, e foi comentado no Winebar onde alguns rótulos da vinícola foram degustados – confira aqui como foi. É elaborado exclusivamente com a variedade Chardonnay, com uvas colhidas na Serra Gaúcha. O vinho recebe amadurecimento em barricas de carvalho de segundo uso, utilizando-se o chamado método da Método da “Solera”, que consiste em empilhar barris de forma que os vinhos mais antigos fiquem embaixo e os mais novos no topo. Uma porção do vinho dos barris mais antigos é retirada e engarrafada. A parte utilizada é reposta com vinho dos barris imediatamente acima, e assim sucessivamente. Finalmente, o barril do topo é completado com vinho novo. Portanto amigos, o vinho neste caso não é safrado – é um blend de safras, pode-se dizer, o que de certa forma ajuda a manter suas características ano a ano. Continue reading

Para Aguçar os Sentidos: Viejo Carreton Syrah 2014

viejo_carreton_syrah_2014

Amigos, creio eu que da mesma forma que o Uruguai não elabora apenas excelentes Tannats – mas também excelentes tintos de outras cepas – sempre cabe bem reforçar que a Argentina já demonstrou potencial interessantíssimo em elaborar vinhos de outras castas tintas além da Malbec. Hoje, por exemplo, trago uma bela experiência que tive com um exemplar de uma das castas que mais me cativam:a Syrah. O exemplar foi escolhido a dedo na seleção do Clube de Vinhos Winelads do mês de junho.

Este rótulo é elaborado pela Viñas de America del Sur, mesmo produtor que já apareceu aqui no blog com outros rótulos muito interessantes, como o Rocio Rosé. A linha a que pertence – Colección Diplomatica – é uma das mais antigas da bodega (e pelo visto, uma das mais tops).

Trata-se de um 100% Syrah, com uvas de Mendoza, de cultivo orgânico. Chama  atenção a maceração prolongada – de 30 a 40 dias o vinho permaneceu em contato com os sólidos. Depois o exemplar estagiou por 8 meses em barricas francesas de tostado médio, além de outros seis meses de amadurecimento em garrafa. Continuar Lendo

Um TOP Brasileiro: Aracuri Collector Cabernet Sauvignon 2009

aracuri_collector_cabernet_sauvignon_2009

É sempre uma satisfação, amigos, quando temos a oportunidade de experimentar um vinho brasileiro de qualidade tão diferenciada. Particularmente ouso me posicionar dentre aqueles que acompanha a alguns anos os avanços da qualidade de nossa viticultura – e creio sim que eu seja detentor de uma “litragem” de vinhos nacionais para poder dizer sem receios que nossos vinhos estão sim cada vez melhores – tanto brancos como tintos.

O vinho de hoje é um Top elaborado pela competente Aracuri, vinícola que tem surpreendido pela qualidade de seus vinhos, todos por sinal muito bem feitos (relembre aqui alguns exemplares que já degustamos). Este Cabernet Sauvignon foi elaborado com uvas da região dos Campos de Cima da Serra, mais precisamente no município de Muitos Capões, próximo à Vacaria. Uma parte do vinho (70%) estagiou em barricas de carvalho por 12 meses. Continuar Lendo