Ótima Compra: Casa Venturini Chardonnay 2016

Amigos, me recordo muito bem quando a Casa Venturini – competente vinícola sediada em Flores da Cunha – lançou seu Chardonnay. Era e sempre foi uma verdadeira sensação no mundo dos enófilos – a safra 2011 apareceu por aqui a alguns anos e foi aprovada com louvor (relembre). Fazia algum tempo que não experimentava este vinho e resolvi conferir este exemplar jovem, da recente safra 2016.

Conforme informações do site da vinícola, o vinho é elaborado com uvas da região da Campanha. Não há menção a passagem por madeira. Continue reading

Routhier & Darricarrère Tinto 2013 – O Conhecido e Simpático ‘Rótulo da Kombi’

Amigos, a tempos queria provar este vinho. Seu rótulo original e bem chamativo, com uma simpática Kombi conquistaram a curiosidade de enófilos Brasil afora – que por sinal, também se surpreenderam com a qualidade do vinho e seu ótimo custo-benefício.

A vinícola é um projeto bem sucedido de duas famílias de origem francesa, sediadas na região da Campanha – mais precisamente em Rosário do Sul. A quem quiser saber mais detalhes, vale visitar o site da ReD, como ficou apelidada no mundo do vinho – confira. Lá tem inclusive a história da lendária Kombi, muito bacana 🙂

O exemplar em questão é um corte típico bordalês de uvas Cabernet Sauvignon e Merlot. Continuar Lendo

Ótima Opção para as Festas de Fim de Ano: Espumante Garibaldi Brut

Amigos, estava eu buscando opções de espumantes com bom custo-benefício para as festividades de fim de ano, quando resolvi por fim experimentar este espumante elaborado pela competente Cooperativa Vinícola Garibaldi, muito reconhecida e premiada especialmente pelo seu Moscatel, medalhado já em diversos concursos.

Mas o exemplar que vos trago hoje é o não-menos-conhecido Brut da vinícola, elaborado através do método Charmat – onde a segunda fermentação ocorre em grandes tanques de inox, as autoclaves. O vinho base é um assemblage interessante, elaborado com as variedades Trebbiano e Riesling Itálico, saindo um pouquinho da combinação tradicional dos espumantes brasileiros (Chardonnay/Pinot). Continuar Lendo

Dica do mês, especial para enfrentar o calor: Solar das Bouças Loureiro Vinho Verde 2013

Solar_das_Boucas Loureiro_Vinho_Verde_2013Estimados amigos, a dica do mês de fevereiro fica por conta deste belo exemplar lusitano que experimentei a algumas semanas atrás: um leve e refrescante Vinho Verde, elaborado 100% com a casta Loureiro – algo raro de se ver, diga-se de passagem, haja visto que a maioria dos vinhos portugueses são normalmente elaborados com mais de uma variedade (às vezes, com várias, inclusive).

O rótulo é elaborado pela vinícola Van Zeller e não tem passagem por madeira. Vamos ao líquido:

Mostrou em taça coloração amarelo palha claro, com levíssima turbidez, típica eu diria.  Aromas de boa intensidade, com muitas frutas brancas cítricas como lima e maracujá, além de notas herbáceas, formando um conjunto que confere muito frescor ao olfato.  Em boca é leve com ótima acidez. Cítrico. Herbáceo presente, assim como o toque frutado. Final marcando com aquela sensação de agulhas na boca, muito típica dos rótulos da região. Refrescante ao extremo, chamando a próxima taça. Álcool a 11%, sem em nada incomodar.

Um vinho interessante e honestíssimo pelo preço que custa. Repetiria a compra com toda a certeza e indico a quem busca um exemplar refrescante para o calor do verão. Acompanhará muitíssimo bem pratos leves, peixes, saladas e pode ser apreciado até sozinho para bebericar descompromissadamente.

Quanto custa? É vendido no site da Wine por cerca de 32 reais, mas pagamos em torno de 27 reais já com o desconto de associado e entrega gratuita. Aos sócios do clube, inclusive, eu diria que é uma ótima pedida.

Saúde a todos!

Para conferir as Dicas do Mês anteriores, clique aqui.