Casillero del Diablo Malbec 2010

Amigos, enfim este é o vinho que protagonizou aquele episódio de outro dia, quando cheguei em casa em uma noite quente e tentei tomar um bom vinho fora de sua temperatura correta (relembre). Mas, graças às dicas que já observei nos sites dos amigos blogueiros, resolvi guardá-lo na geladeira para consumir no dia seguinte e, daí sim, tomar nota de minhas impressões.

Como podem notar em meus posts anteriores, eu sou um fã incondicional da linha Casillero Del Diablo – o xodó da vinícola chilena Concha y Toro – e estou me propondo pouco a pouco a degustar todos os seus rótulos e ir comentando suas características aqui no blog.

Este Malbec possui 13,5% de álcool. Rolha de boa qualidade e com boa vedação. Na taça, apresentou coloração rubi com tons e borda violáceos – típico Malbec – com lágrimas marcantes. No nariz mostrou um pouco de madeira no início, predomínio de frutas negras e um pouco de baunilha no final, com leve álcool incomodando.

Em boca se mostrou interessante. Muita fruta, taninos redondos, encorpado, com final seco e adstringente. De início, achei o vinho um pouco quente no final, com álcool incomodando e aparecendo demais. No entanto, achei que o vinho melhorou muito depois de alguns minutos aberto, opinião também compartilhada pela minha esposa. Nunca percebi uma evolução desta magnitude em um vinho antes, fiquei feliz com o resultado prático que obtive.

No geral é um bom vinho, embora não seja o melhor Casillero que já provei – vou deixar esse título com o Carmenère (relembre) por enquanto. Vale a pena conferir. Custa em média 32 reais. Recomendo abri-lo com certa antecedência – o vinho evoluiu muito bem após uns vinte minutos.

Nota: 3,0 (Bom)

2 comentários em “Casillero del Diablo Malbec 2010

  1. Victor Hugo Mees disse:

    Neste momento estou tendo o prazer de degusta-lo. Concordo plenamente com o teor do seu texto. No que se refere às frutas vermelhas é notório a presença de amora, framboesa e ameixa, com um toque de baunilha ao final, e o inconfundível e marcante odor da malbec. Fantástico!
    Aos negativos, repara-se uma quantidade de tanino é forte ao final, junto ao alcool marcante demais, o que acabou escondendo algumas propriedades na fase do retrogosto.

    • tiagobulla disse:

      Victor, seu comentário me deixa lisonjeado e muito satisfeito. Bom saber que você teve impressões parecidas. É muito legal receber este feedback de outros apreciadores, sinal que estou acertando.
      Muito obrigado pelo comentário e saúde!
      Tiago

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s