Almadén Chardonnay 2011

Amigos, quando fui passar minhas férias no paradisíaco balneário de Arambaré aqui no RS acabei indo desprevinido: levei apenas um espumante e um vinho, o que foi pouco para os onze dias que passamos na praia. Sentindo que o clima pedia refrescatnes vinhos brancos e/ou espumantes, fui à caça. Entretanto, o comércio local da prainha não contava com muitas opções.

Mas, apesar de tudo, foi uma boa oportunidade para conhecer dois exemplares da Almadén: este Chardonnay e um Sauvignon Blanc que comentarei em breve. A Almadén era até meados dos anos 2000 uma grande vinícola, que foi então adquirida pelo grupo Miolo, que revitalizou as instalações , incorporou produção e qualidade, inclusive substituindo os rótulos dos vinhos que ficaram muito bonitos por sinal. As garrafas vêm com tampa screw cap – o que facilita muito quando não se tem um saca-rolhas decente (sim amigos, realmente eu fui à praia desprevenido). O vinho tem 12,5% de álcool. Vamos ao líquido:

Cor amarelo claro esverdeado, límpido, com poucas lágrimas. Aromas muito discretos com leves notas herbáceas e frutas cítricas ao fundo. Corpo leve a médio. Frutado aparecendo um pouco mais na boca que no nariz. Muito cítrico, com acidez se sobressaindo demais em relação ao restante e tornando o vinho um pouco “difícil”. Final curto, um pouco quente e com discreto amargor.

No geral um vinho simples, sem grandes atrativos e que na minha opinião deixa um pouco a desejar – embora pelo preço (15 reais) não há muito o que esperar.

Nota: 2,0 (Razoável)

PS.: Tem coisas que só em cidadezinhas mais longínquas e pacatas a gente consegue observar. Flagramos dois exemplares de Almadén Riesling na prateleira, lado a lado: um com o rótulo atual safra 2010 e o outro da safra 2007, ainda com o rótulo original da antiga Almadén (quando o vinho era demi-sec, nem sabia). Fica o registro.

3 comentários em “Almadén Chardonnay 2011

  1. Rubens disse:

    vc não sabe nada de vinhos!!!!! se quizesse vinho melhor q levasse então….

    • tiagobulla disse:

      Rubens, muito obrigado pelo comentário.
      Desde que criei o Universo dos Vinhos me propus como blogueiro a experimentar todos os vinhos ao meu alcance. Por exemplo, já provamos outros vinhos da Almadén que se mostraram mais interessantes. De fato, aqui em casa especificamente este Almadén não agradou.
      Respeito muito sua opinião, embora devo ressaltar que este seja um blog independente e procuro ser fiel às minhas impressões nas postagens.
      Como já dizia Nelson Rodrigues: “Toda a unanimidade é burra e toda a heterogeneidade constrói”.
      Abraço e saúde!

  2. […] que avaliaram esse vinho (em outras safras): Universo dos Vinhos, Notas Etílicas, Beber […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s