H. Stagnari Viejo Tannat 2007 #cbe

Grandes amigos, com muito orgulho e satisfação estamos mais uma vez participando da Confraria Brasileira de Enoblogs, a CBE, que chega este mês à sua 67ª edição. Quem desta vez escolheu o tema não foi ninguém menos que meu amigo Gil Mesquita do blog Vinho Para Todos que sugeriu um tópico agradabilíssimo: “Vinho tinto do Uruguai, com preço de até 100 reais”.

Apesar de estar em Porto Alegre, próximo à fronteira uruguaia, confesso que não foi muito fácil encontrar um exemplar interessante e que me despertasse a curiosidade. Este Tannat é elaborado pela Bodega H. Stagnari, uma das mais respeitadas do Uruguai. Este vinho, da linha Viejo, possui muitas premiações, chegando a ser considerado um dos seis melhores vinhos tintos do mundo, já sendo premiado como o melhor do hemisfério sul. Com tantos predicados, achei que seria interessante experimentar.  Possui 14 % de álcool. Permanece 12 meses em envelhecimento em barricas de carvalho francês e outros seis meses em repouso nas cavas da vinícola. Mas vamos ao vinho:

Cor rubi, quase marrom, muito escuro. Lágrimas finas, quase transparentes ao redor da taça. Aromas se desenvolvendo vagarosamente ao longo da degustação. Aos poucos aparecem notas de frutas vermelhas maduras, como ameixa e amora, com toque de baunilha conferido pelo carvalho. Leve álcool aparecendo, mas sem incomodar.  Em boca é melhor que no nariz. Acidez leve, na medida. Macio mas encorpado ao mesmo tempo. Taninos presentes com boa adstringência, mas sem tornar o vinho demasiado agressivo. Boa presença do frutado. Final potente, com leve amargor, mas que não chegou a comprometer.

Amigos não sei se é tudo o que dizem, mas é um bom vinho com certeza. Deve ser apreciado calmamente, deixando-o evoluir na taça – é muito legal ir interagindo durante a aeração: o vinho  ganha aroma e sabor significativamente.  O preço – 63 reais na Vinhos e Sabores – é compatível com um Tannat uruguaio deste naipe, com relação custo-benefício favorável. Recomendo.

Saúde!

Nota: 4,0 (Muito Bom)

3 comentários em “H. Stagnari Viejo Tannat 2007 #cbe

  1. Tiago Cunha disse:

    Grande Tiago,

    Ta aí um vinho que degustei e gostei bastante, apesar de não ser a mesma safra degustada por ti (o meu era 2008).
    Como estou, aos poucos, me aprimorando no mundo do vinho, resolvi comprar outra, também 2008, para ver o que acho desta vez.
    Comprei em Rivera e, lá sim, o custo benefício eleva-se a níveis absurdos comparados com os preços praticados no Brasil. Acredito que paguei em torno de US$13,00, ou seja, menos de R$30,00.

    Uma curiosidade desta vinícola:
    Na Vinhos e Sabores me disseram que TODAS as garrafas desta vinícola passam pela mão do dono, mesmo que seja para colocar o rótulo. Coisa difícil de se ver hoje em dia.
    Assim, fica a impressão de que estamos bebendo um vinho mais “caseiro” (e de qualidade).

    Abração e saúde.

    • tiagobulla disse:

      Grande Tiago, muito obrigado pelo comentário.

      Ah e que bom saber que este vinho está disponível na fronteira: é uma ótima pedida sem dúvida!

      Obrigado pela informação sobre o vinho, achei bastante interessante. Realmente é um produto diferenciado.

      Forte Abraço

  2. […] a alta do dólar e dos impostos. A alguns anos atrás, provamos aqui no blog a safra 2007 (relembre) que custava, à época, […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s