Finca La Daniela Malbec 2010

Pessoalmente, já gostei bem mais de Malbec do que atualmente. Quem acompanha meu blog a mais tempo, talvez irá se lembrar que lá no início das postagens eu cheguei a declarar que esta era minha casta favorita. Por alguma razão, eu diria que hoje já não considero os vinhos desta uva assim tão interessantes, possivelmente devido a evolução do gosto pessoal – que, convenhamos, é um assunto complexo e rende muitos posts…

Fato é meus amigos que este Malbec estava por um preço muito interessante no site da Wine, e ainda com entrega gratuita. Resolvi então experimentá-lo. É elaborado pela Bodega Família Barberis e tem 13,8% de álcool. Segundo o site do produtor, não tem passagem por barricas.

Em taça é um vinho de cor rubi, com lágrimas finas e discretas. Aromas de boa intensidade, com notas de baunilha lembrando madeira (curiosamente). Algumas notas vegetais um pouco desarmônicas com o conjunto – que melhorou com o tempo.  Aos poucos apareceram aromas mais frutados, lembrando ameixa e compota. Evoluiu bem em taça.

Em boca é um vinho de corpo médio, com acidez discreta. Frutado presente, com a lembrança de compota marcando presença. Taninos um pouco verdes e álcool um pouco sobressalente (uma característica que sempre me incomoda). Final tânico, com certa lembrança vegetal.

No geral, achei o vinho um pouco desequilibrado para meu gosto pessoal. Não tem defeitos graves, mas também não tem grandes atrativos. Possivelmente uma boa dica para o dia a dia. Chamou a atenção o aroma amadeirado de início – nos fez crer que o vinho era barricado. Se alguém provou também e teve impressão semelhante, fique à vontade em deixar um comentário. Pela garrafa pagamos em torno de 26 reais.

Saúde!

2 comentários em “Finca La Daniela Malbec 2010

  1. Márcio Cardoso disse:

    Caro Tiago, por coincidência, terminei uma garrafa deste vinho ontem à noite e te digo que este álcool um pouco sobresalente se esvai com um certo tempo. Sustento a minha tese com os seguintes fatos:
    Comprei este vinho juntamente com alguns outros rótulos também pela Wine.com (a qual recomendo por acreditar ser o melhor clube de vinhos na atualidade no seu segmento, mais econômico), e abri ele na sexta feira para experimentar enquanto fazia um trabalho da faculdade, deixei o mesmo respirando um pouco antes de beber mas me ative ao trabalho e quando vi ja era bem tarde da noite e eu não tinha tomado nem um gole ainda, então saboreei uma medida degustação só pra não ficar em branco e achei um bom vinho mas realmente, o álcool se sobresai. Tampei a garrafa e reservei.
    Sábado e Domingo não tive a oportunidade de saborear mais um pouco da garrafa, mas na Segunda À noite o sabor estava bem diferente, acredito que no seu ápice ou levemente passado, bem frutado, elegante, me deixou satisfeito pela compra.
    Como bebo sozinho a maioria das vezes (minha esposa aprecia vinhos mas somente em ocasiões especiais), me sobrou um finalzinho que “matei” ontem à noite. Bom, nesta terceira experiência pude notar bem presente a oxidação do vinho, parecia outro rótulo, bem apagado o sabor pela oxidação mas se manteve o final tânico, aroma então nem se fala.
    Toda essa história me levou a duas conclusões. Primeira, um dia depois de aberto o vinho com álcool sobresalente fica com outra cara (claro que não podemos generalizar, outras castas são diferentes em materia de oxidação) mas há uma linha muito tênue entre este momento de ápice e queda total. E a segunda é que eu preciso comprar uma dessas bombinhas à vácuo pra armazenar melhor minhas garrafas abertas… hehehe.
    Saúde!

    • Tiago Bulla disse:

      Márcio, gostaria muito de agradecer pelo seu comentário, ele acrescenta muito ao meu post.
      Parece mentira, mas comigo aconteceu algo parecido com o mesmo vinho: nós tomamos parte dele em um dia e o restante no dia seguinte. De fato o vinho realmente teve uma certa evolução com o tempo, como comentei no post. Não achei ele ruim, mas acho que poderia ser melhor e que já provei outros Malbecs na faixa de preços mais interessantes.
      Recentemente me tornei sócio do clube Wine – daqui a alguns dias vou compartilhar por aqui minhas experiências com o clube. Já adianto que estou satisfeito com a escolha.
      Um abraço e saúde!
      Tiago

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s