Uma bela Maratona de Vinhos na Vinícola Domno

Maratona_Vinhos_Domno_01

Estimados amigos, no último sábado tive o prazer de ter sido convidado para integrar um pequeno grupo de blogueiros e jornalistas em mais uma memorável  visita à vinícola Domno do Brasil, em Garibaldi. A bem da verdade, foi um belo tour pela serra gaúcha, o que resultou em um dia repleto de belas surpresas além de 18 (!) excelentes vinhos e espumantes do portfólio da vinícola – e também importadora – que foram servidos aos convidados. Com certeza não poderia deixar de registrar aqui em meu singelo blog minhas impressões deste sábado tão especial.

Chegamos à vinícola de manhã e fomos recebidos por uma equipe muito simpática e empolgada. Começamos degustando alguns belos espumantes da vinícola, todos elaborados pelo método Charmat. Foram dois brut (o rosé e o branco), o Extra Brut e um rótulo da linha Alto Vale, um rosé suave elaborado pelo método Charmat através do assemblage das uvas Chardonnay. Riesling e Merlot – interessante por sinal, para quem quer experimentar algo diferente do Moscato de Hamburgo. Meu favorito continua sendo o Ponto Nero Brut, um belíssimo espumante que atende mais que perfeitamente seu propósito: leve, refrescante e equilibrado, vendido com ótima relação custo-benefício na casa dos 25-30 reais. Vale a pena conferir.

Depois dos espumantes fomos convidados a fazer uma visita às instalações da vinícola, que está de parabéns pela organização e pelos investimentos que agregam qualidade à produção; é uma das poucas vinícolas brasileiras e utilizar um filtro tangencial na elaboração de espumantes, o que visa minimizar a necessidade do uso de conservantes adicionado ao mosto.

Dando seguimento à nossa degustação, fomos convidados a experimentar alguns belos rótulos importados pela Domno do Chile, Argentina e França. Não é fácil dizer qual foi meu preferido, mas acho que me chamou a atenção o primeiro tinto que degustamos, o Yali Edição Limitada Carmenère 2009: um belo vinho Chileno, com muita complexidade, fruta, especiarias e estrutura. Certamente um vinho que eu indicaria, com certeza. É vendido na faixa dos 76 reais.

Após esta primeira etapa de degustações, fomos convidados a almoçar em um dos meus locais favoritos na serra gaúcha: o Casa Madeira, um aconchegante restaurante que serve um cardápio típico italiano, simplesmente maravilhoso, com destaque para a famosa codorna (impecável) e o nhoque de batata doce com um esplêndido molho de tomates, que nunca vi igual. E é lógico que o almoço fora regado a mais vinhos; entre eles, um francês de ótimo custo-benefício: o Antoine Moueix Bordeaux Rouge 209, um corte clássico de Merlot e Cabernet; vinho de característica mentolada, com leve toque de especiarias e picante, com muita elegância e excelente acidez – harmonizou perfeitamente com a codorna. Custa em torno de 73 reais. Um dos meus favoritos do dia.

À tarde fomos conduzidos até um charmosos centro de compras no Vale dos Vinhedos, a Vivatto, onde ocorreu a parte final de nossa maratona. Lá degustamos os últimos seis rótulos: três espanhóis e três italianos. Um destaque especial para o Crianza Frontaura Reserva Toro, que eu já havia comentado aqui no blog (relembre) e que mais uma vez se mostrou um vinho incrível. Mas a estrela maior do dia, em minha humilde opinião – sou suspeito para falar, como sabem – foi o Chianti Clássico DOCG Dom Tomnaso 2007: elegante vinho com aromas de boa intensidade lembrando muita fruta, e esbanjando complexidade. Em boca, um vinho agradável, tânico, fino e de excelente acidez, muito gastronômico. Este último custando na faixa dos 240 reais, um dos vinhos de maior valor agregado já experimentado por este humilde blogueiro que vos fala. Uma experiência e tanto por sinal.

Confiram algumas fotos da maratona (clique para ampliar):

Saúde a todos!

Um comentário em “Uma bela Maratona de Vinhos na Vinícola Domno

  1. […] italiana. Lembrei-me dos excelentes vinhos italianos que experimentei em uma degustação da Domno (relembre) e não tive dúvidas: entrei em contato com eles e pedi auxílio para agendar uma visita à […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s