Cheverny Le Vieux Clos 2008 #cbe

Cheverny_Le_Vieux_Clos_2008

Grandes amigos, neste mês a Confraria Brasileira de Enoblogs teve dois temas, como já é um costume em todo o final de ano. Ontem postamos o vinho do “tema extra” de final de ano (relembre). O vinho de hoje foi também proposto pelo confrade Luiz Cola do blog Vinhos e Mais Vinhos, que sugeriu experimentarmos “Brancos do Vale do Loire até R$150”.

Escolhi este rótulo na loja Osmar Vinhos, em São Leopoldo, seguindo uma indicação do próprio Osmar, que nos atendeu muito cordialmente como de costume. Fiquei entusiasmado com esta garrafa da safra 2008, bem guardada; resolvi levar para experimentar – afinal, seria uma degustação interessante, dado o caráter evoluído do vinho.

Trata-se de um rótulo da Domaine du Salvard, vinícola que elabora vinhos do Vale do Loire e é localizada na região de Cheverny, uma comuna ao sul de Paris, bem no centro da França. O Le Vieux Clos é elaborado com 85% de Sauvignon Blanc e 15% de Chardonnay. Tem 12,5% de álcool e não passa por madeira; segundo o site do importador, o vinho tem breve amadurecimento sobre as borras.

Na taça apresentou coloração amarelo claro, com leves reflexos dourados – apesar da idade, seu aspecto ainda é bem jovial. No nariz apresentou aromas de boa intensidade e complexidade: predominância de maracujá e outros frutos tropicais, além de aromas herbáceos também muito presentes. Aos poucos apareceram notas amanteigadas, talvez até um pouco lácteas, que deixaram o conjunto muito interessante e harmônico. Em boca é um vinho com muito boa acidez e excelente frescor, confirmando as notas cítricas. O herbáceo esteve bem presente, em especial no final, revelando discreto amargor, mas sem incomodar. Vinho que alia muito bem a refrescância com a cremosidade, mostrando que o tempo em garrafa lhe fez bem. Final seco, agradável e de boa persistência, com retrogosto da fruta lembrando certa compota.

Amigos é um dos melhores vinhos brancos que já passaram aqui no blog. Muito correto e gastronômico. Abrimos em um almoço de verão e seguimos com a degustação no decorrer da tarde, apreciando-o sem pressa. Foi uma ótima experiência, diga-se de passagem. Gostei de conhecer um exemplar desta região, apesar do custo elevado: 90 reais. No Brasil é importado pela Decanter, que atualmente está comercializando a safra 2010.

Saúde a todos!

4 comentários em “Cheverny Le Vieux Clos 2008 #cbe

  1. Tiago, realmente é um ótimo vinho, provei o 2010 e coloquei umas notas aqui: http://www.conservadonovinho.blogspot.com.br/2012/11/com-este-calor-nada-como-um-sauvignon.html?m=1
    Muito bom o post sobre os vinhos brancos.
    Abraços,
    Carlos

    • Tiago Bulla disse:

      Legal Carlos! Que bom que tiveste uma boa impressão sobre o 2010. Vou tentar prová-lo, gostei da safra 2008.
      Um abraço e parabéns pelo seu post.
      Saúde
      Tiago

  2. […] Grande Reserve Sur Lie 2010 Vinhos e Mais Vinhos – Henri Bourgeois Sancerre Les Baronnes 2009 Universo dos Vinhos – Cheverny Le Vieux Clos 2008 Vinho Para Todos – Petit Bourgeois Sauvignon Blanc du Loire 2010 Vinhos de Minha Vida – […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s