Simplesmente o Melhor Rosé que já Provamos: Rocio Reserva Rosé Malbec 2015

Rocio_Rose_Malbec_20xx

Estimados amigos, dia de post com vinho rosé é sempre muito especial. Digo isto porque nem sempre é fácil encontrar um bom vinho rosé, com aromas intensos e paladar agradável e instigante. Confesso que a busca às vezes é cansativa e já me deparei inúmeras vezes com vinhos deste tipo com pouca intensidade de aromas e paladar um tanto simplório. Mas quando encontramos um belo rosé é algo digno de festa e, com certeza, de post aqui no blog.

Como sabem, todos os meses a Winelands seleciona cinco vinhos para a livre escolha de seus associados – e eis que entre eles sempre temos um rosé. Na seleção dos vinhos de fevereiro, particularmente, o rosé em questão estava muito bem indicado na descrição do site, o que chamou minha atenção. Eis que resolvi experimentá-lo, felizmente, e posso lhes garantir amigos: é o melhor vinho rosé que já experimentei, sem qualquer sombra de dúvida.

O exemplar é elaborado com uvas Malbec pela Viñas de America del Sur, tradicional produtor que elabora vinhos desde 1904 (!) na região de Mendoza. Tem passagem de 9 meses em barricas de carvalho francesas e americanas – algo pouco comum para vinhos rosés, o que transmite uma curiosidade fascinante a qualquer enófilo.

E amigo leitor, tem mais: este vinho foi obtido através de um corte com uma variedade branca, a Chardonnay – resultando em um vinho rosé, que neste caso é um Assemblage propriamente dito. Infelizmente, muitos “entendidos” defendem a ideia equivocada de que vinhos rosés elaborados desta forma sejam de baixa qualidade. Contudo, trata-se de puro preconceito descabido; como já diria o mestre Adolfo Lona em seu livro – tenho ele aqui em mãos – “se admitimos a mistura de dois tipos de vinhos tintos para obter um terceiro de maior qualidade, por que condenar um corte entre uma variedade tinta e uma branca?”. Justamente, eis o ponto 🙂

Mas vamos ao principal – o vinho:

Em taça se mostrou com cor vermelho brilhante, vivo. Aromas com muita intensidade. Frutos vermelhos silvestres, como morango, lembrando certa geleia ou calda, com notas herbáceas e folhas secas formando um interessantíssimo conjunto. Com leve aumento de temperatura surgem notas mais florais e adocicadas. É daqueles  vinhos que a gente perde a noção do tempo só na análise olfativa (risos). Em boca surpreende, com acidez leve, muito volume e cremosidade enchendo o paladar. Confirma as notas do nariz e é muito agradável por inteiro, com final marcante e correto. Conforme aumenta a temperatura vai ficando com caráter mais licoroso, remetendo um pouco aos vinhos do Porto. Chama a próxima taça de imediato, é bom de beber e com certeza vai agradar a todos. Pode ser apreciado sozinho ou com pratos de estrutura leve a média, como massas. Às cegas, poderia se passar por um tinto bem leve 🙂

Não há muito mais o que dizer amigos, é um vinho muito interessante, praticamente um marco aqui em meu blog: depois de quase cinco anos escrevendo sobre vinhos, posso lhes garantir que agora temos um rosé para indicar com segurança e que certamente ficará em nossa memória. Aprovadíssimo, recomendo fortemente.

Quanto custa? O exemplar já se encontra à venda na loja virtual da Winelands pelo valor de 75 reais, já com desconto para associados. É um excelente custo-benefício, dada a qualidade diferenciada do vinho

Saúde a todos!

3 comentários em “Simplesmente o Melhor Rosé que já Provamos: Rocio Reserva Rosé Malbec 2015

  1. Joselito disse:

    Nossa, sangria é misturar tinto com branco? E todos os especialistas em vinho sempre pensaram que se tratava um vinho rosé extraído do mosto de vinho tinto quando a maceração ainda era curta (24 a 36 horas)… ainda bem que tem blogs bem informados como esse pra poder nos explicar!

    • Tiago Bulla disse:

      Olá Joselito!
      Agradeço pelo seu comentário.
      De fato,posso não ter me expressado no post da melhor maneira.
      O referido vinho conforme versa seu contra-rótulo é de fato resultado de uma sangria (conforme você descreveu) E leva Chardonnay em sua composição, sendo um assemblage por assim dizer.
      Um abraço e saúde!

  2. […] Sur, mesmo produtor que já apareceu aqui no blog com outros rótulos muito interessantes, como o Rocio Rosé. A linha a que pertence – Colección Diplomatica – é uma das mais antigas da bodega (e […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s