Casas del Toqui Gran Reserva Syrah 2012 #cbe

Casas_del_Toqui_Gran_Reserva_Syrah_2012

Pois bem estimados amigos, quando as pessoas normalmente me pedem indicações de vinhos tintos chilenos, devo lhes confessar: nem Cabernets e nem Carmenères me surgem à mente em uma primeira instância – confesso que sim, uma questão de gosto pessoal e paladar talvez. Nestes mais de cinco anos garimpando e escrevendo sobre vinhos neste blog, a casta que mais me conquistou com respeito a “tintos chilenos” é esta que hoje vos trago. E daí a razão pela qual escolhi este rótulo para o tema de outubro da nossa querida CBE, sugerido pelo confrade Evandro Vanti, que escreve o blog Vinhos que Provo: “um Syrah / Shiraz do novo mundo, sem limite de preço. Vale um 100% ou um corte, desde que a maior parcela seja dessa uva”.

Como adoro os exemplares chilenos desta casta, não tive dúvidas :). Elegi este rótulo da tradicional bodega Casas del Toqui, elaborado 100% com uvas Syrah cultivadas no Vale Cachapoal. O vinho pertence a uma linha intitulada “Terroir Selection”, onde a vinícola se propôs a explorar os melhores territórios para cultivar cada variedade, no intuito de se maximizar a qualidade dos vinhos. São exemplares de produção mais limitada – deste Syrah, por exemplo, foram produzidas somente 12 mil garrafas, número modesto para os padrões chilenos. Segundo a ficha técnica, 70% do vinho estagiou em barricas de carvalho francesas e americanas, por doze meses. Ah, e cabe comentar: este exemplar emplacou nada menos que 90 pontos no respeitado Guia Descorchados.

Mas vamos ao que achei deste belo vinho:

Bela cor vermelho rubi escura, com reflexos avermelhados e lágrimas finas e transparentes.  Aromas muito intensos e intrigantes. Notas mentoladas em um primeiro instante,  uma lembrança mais herbácea,  como funcho ou anis. Aparecem especiarias aos poucos e algumas frutas vermelhas maduras, com conjunto bem complexo. Em boca tem ótimo volume, boa estrutura e acidez na medida. Taninos apimentados, marcando a língua tenuemente. Tudo harmonioso,  madeira na medida.  Retrogosto e retro-olfato com lembrança do anis e notas mentoladas.

Um espetáculo,  vinho que merece atenção a ser degustado, muito bem feito. Um exemplo da qualidade tradicional de um Syrah chileno de respeito. Recomendo a prova, excelente. Os 90 pontos do crítico chileno Patricio Tapia foram merecidos.

Quanto custa? É vendido na faixa dos 85 reais, com bom custo benefício. Adquiri o rótulo na Garage Vinhos, em Porto Alegre – loja que conta com um tentador (risos) sistema de “desconto progressivo” (quanto mais vinhos você compra, maior o desconto proporcional recebido em cada rótulo). Vale conferir a loja, que fica na av. Azenha, pertinho da Rótula do Papa.

Saúde a todos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s