Dom Cândido Autêntico Petit Verdot 2014 para a #CBE

Amigos, depois de algum tempo sem postagens para a Confraria Brasileira de Enoblogs, nossa querida CBE, eis que retornamos com o ótimo tema proposto pelo casal de blogueiros Maykel e Ana, que escrevem o Vinho por 2. Como missão para este mês, eles sugeriram: “No ano de 2016 o segundo maior importador de vinhos do Brasil foi um supermercado. Por isso, nada melhor do que comentarmos o que tem de bacana nas gôndolas, falando de qualquer tipo de vinho, de qualquer faixa de preço, que seja encontrado em supermercado”.

Escolhi um exemplar brasileiro, de uma casta inusitada aqui em nossas terras: este interessante Petit Verdot elaborado pela competente Dom Cândido, vinícola localizada no Vale dos Vinhedos, em Bento Gonçalves. Continuar Lendo

Excelente para o dia a dia: Battistello Bag In Box Merlot Rosé 2015

Amigos, como sabem, eu sou um caçador implacável dos vinhos com boa qualidade e preços acessíveis. Em tempos de crise, dólar alto e impostos que levam os vinhos a preços estratosféricos, temos que arregaçar as mangas e, literalmente eu diria, garimpar as melhores opções – com os melhores preços. É daí que surge uma embalagem de vinhos icônica neste quesito: o Bag-In-Box – candidato número 1 para cumprir a missão daquele vinho do dia a dia, sendo agradável, bem feito e com um preço que caiba no orçamento.

Alguns bag in box já passaram aqui pelas nossas taças – já comentei inclusive sobre alguns exemplares da vinícola Larentis, que sempre foi uma referência nesse sentido (relembre).

Mas hoje amigos, trazemos uma alternativa muitíssimo interessante. Trata-se deste belo Rosé de Merlot, elaborado pela vinícola Battistello, com uvas de seus vinhedos próprios locados no Vale dos Vinhedos Continuar Lendo

Novidade no Mercado: Salton Classic Malbec 2015

Salton_Classic_Malbec_2015

Grandes amigos, é sempre uma alegria poder trazer boas novidades do mundo do vinho aqui no blog. Esta semana tivemos a felicidade de poder participar do Winebar com os vinhos da Salton, onde a vinícola apresentou alguns de seus rótulos – entre eles este Malbec, lançado a pouco tempo no mercado e que eu estava curiosíssimo para experimentar.

Como ostenta o rótulo, o vinho é elaborado em nosso país vizinho na região de Mendoza, em uma parceria com a empresa Peñaflor, uma das referências do mercado vitivinícola argentino – responsável pelo tradicional vinho Trapiche, entre outros. Continuar Lendo

Uma Excelente Opção para o Ano Novo: Espumante Salton Séries Brut #cbe

Espumante_Salton_Series_Brut

Amigos, como já é de costume, a Confraria Brasileira de Enoblogs procura sempre fechar o ano com a sugestão de um espumante  para brindar as festividades desta época tão especial. É neste intuito que nosso amigo Gil Mesquita, do blog Vinho Para Todos – novo presidente de nossa querida confraria – sugeriu o último tema do ano: “espumante de boa relação qualidade x preço, para brindar a chegada de 2016 com muitas garrafas, para os leitores escolherem seus vinhos para o réveillon”.

Pois bem. A algumas semanas atrás eu estava perambulando por um dos supermercados mais visitados aqui de Porto Alegre, quando me deparei com este espumante, um lançamento da Vinícola Salton. Naquele dia ele estava em promoção – de lançamento, imagino. Adquiri o espumante na curiosidade mesmo de quem busca conhecer um novo produto, elaborado por uma vinícola competente e confiável.

Confesso, de imediato, que o lançamento deste produto me surpreendeu: a vinícola sempre teve até então como seu carro-chefe-de-entrada o famoso espumante brut de rótulo azul escuro (que todo mundo mais ou menos chama assim). Aparentemente a vinícola busca com o Salton Séries criar uma nova linha de entrada, eu diria. Busquei no site maiores informações sobre o espumante, mas não encontrei – caso alguém tenha o link com as informações do produto e puder compartilhar, eu agradeceria.

Pesquisando em outros blogs encontrei informações de que o espumante é elaborado com uvas Prosecco e Ugni Blanc – um inusitado corte para os padrões brasileiros, diga-se de passagem. Confesso amigos, que apreciei o espumante em um momento de total descontração e tranquilidade – fato este que infelizmente me “impossibilitou” de tomar notas detalhadas (risos). Mas posso garantir: é um espumante de coloração palha bem clara, com aromas bastante leves e frutados (remetendo muito à Prosecco eu diria). Em boca é a leveza em pessoa, muito correto, refrescante e fácil de beber. Harmonizou muito bem com alguns petiscos.

Não é só um produto interessante para o réveillon, mas vai cair muito bem com o calor de norte a sul do país. Uma boa pedida, recomendo e repetiria a compra.

Quanto custa? Pela garrafa paguei, em promoção, menos de 20 reais no supermercado Zaffari, em Porto Alegre. Ótimo custo-benefício.

Saúde a todos e um 2016 repleto de conquistas e realizações para todos nós!