Um dos Vinhos Mais Surpreendentes que Provei este Ano: Gimenez Mendez Touriga 2013

Estimados amigos, hoje é dia de um vinho muito especial – e de um dos países vitivinícolas que mais admiro e cujo os vinhos mais me empolgam: o Uruguai. O vinho esteve presente em uma das seleções do Clube Winelands e não tive dúvidas: foi um dos meus escolhidos na seleção. Uma felicíssima escolha por sinal 🙂

Este exemplar foi elaborado pela competente e reconhecida Gimenez Mendez, com uvas da variedade Touriga Nacional cultivadas na região de Las Brujas – aliás, os vinhos deste produtor já estiveram presentes aqui no blog em outros (ótimos) momentos – relembre. Segundo informações do site do importador, o vinho estagiou em barricas de carvalho francês e americano por um período de dez meses. Continuar Lendo

Gimenez Mendez Malbec 2013 – Confirmando a Qualidade do Produtor

Gimenez_Mendez_Malbec_2013

Amigos, é o que eu sempre digo: quando um determinado produtor faz um bom trabalho, preza por vinhos de qualidade e capricha pra valer, não há dúvidas: os resultados e o reconhecimento surgem naturalmente. E não é de hoje que os vinhos do competente produtor uruguaio Gimenez Mendez têm impressionado os enófilos – uma rápida busca nos blogs e sites especializados mostram isso de forma unânime. E então sempre que vejo um dos vinhos da vinícola na seleção do Clube Winelands não tenho dúvidas: pelo menos um dos rótulos acaba por ser meu escolhido.

O exemplar de hoje é curiosamente elaborado com a uva símbolo do país vizinho – a Malbec – e mais curiosamente ainda, em uma região cujo nome também se chama Mendoza (interessante não?). Continuar Lendo

Um Inesquecível Exemplar desta Casta: Gimenez Mendez Pinot Noir 2013

Gimenez_Mendez_Pinot_Noir_2013

Escrevo este post amigos com um ar de felicidade no rosto que a tempos como enófilo não experimentava. E por dois motivos: primeiro que, como admirador já de alguns anos da viticultura uruguaia, não me canso de surpreender-me com os ótimos exemplares que lá são elaborados. E segundo, – e principalmente – pela descoberta deste vinho em particular, talvez um dos melhores Pinot que por aqui já passaram. Um post especial hoje, pode-se dizer.

Elegi o vinho em uma das seleções do Clube Winelands, do qual sou sócio (cada vez mais satisfeito, há de se dizer). Olhei para o vinho e, confesso, não tive qualquer dúvida na escolha:  1°) um Pinot 2°) Uruguaio e 3°) de uma vinícola que já nos agradou muito com um ótimo Sauvignon Blanc (relembre). Afinal, eram razões mais que suficientes para trazê-lo à adega 🙂

O exemplar é elaborado pela Gimenez Mendez com uvas da localidade de Las Brujas. O vinho amadureceu por um período de oito meses em barricas de carvalho francesas e recebe ao final uma pequena parcela de 4% de Pinot Meunier. Continuar Lendo

Um Clássico Uruguaio para a #CBE: H Stagnari Tannat Viejo 2009

H_Stagnari_Viejo_Tannat_2009

Estimados amigos, compartilho hoje aqui no blog as impressões do vinho que degustamos alusivo ao tema de março da Confraria Brasileira de Enoblogs. Quem sugeriu o tema neste mês foi do casal de confrades Maykel e Anna, do ótimo blog Vinho por 2: “Tannat uruguaio, em qualquer faixa de preços”. Tema dos bons, como gosto de dizer, só alegrias. Um dos estilos de vinho que mais me encantam, proveniente de um país que considero agradabilíssimo de se visitar.

O rótulo por mim escolhido é um verdadeiro clássico uruguaio, como assim escrevi no título do artigo. Elaborado pela bodega H Stagnari, levando a assinatura do enólogo da vinícola, trata-se de um verdadeiro papa-medalhas (ostentadas no rótulo do produto). As uvas são da região de Salto, bem ao oeste do Uruguai – região também conhecida pelas suas águas termais. O vinho possui 14,5% de álcool e estagiou bor barricas de carvalho por doze meses, além de outros seis meses em repouso nas caves da vinícola.  Continuar Lendo