Espumante Aurora Pinot Noir Procedências Brut

Amigos, aproveitando o clima das festas de fim de ano, resolvi trazer hoje aqui no blog um post sobre um espumante elaborado por um dos mais tradicionais produtores brasileiros: a Cooperativa Vinícola Aurora, fundada em 1931 através da união de dezesseis famílias cooperadas – hoje este número já alcança a marca de 1100 famílias.

O produto em questão trata-se de um espumante 100% Pinot Noir vinificado em Branco (um Blanc de Noir, por assim dizer). Continuar Lendo

Honesto e Muito Refrescante: Aurora Chardonnay 2015 para a #cbe

Estimados amigos, tive a honra e felicidade de ter sido escolhido para eleger o tema da nossa querida Confraria Brasileira de Enoblogs – possivelmente a primeira e única confraria virtual de vinhos no Brasil. A cada mês cabe a um confrade a escolha do tema que deve nortear a degustação dos demais colegas. Pois bem, o tema sugerido por este que vos escreve foi um varietal Chardonnay, sem passagem por madeira, de qualquer país e preço. A idéia era mesmo amenizar o forte calor de nosso verão.

Confesso que o tema escolhido por mim mesmo me surpreendeu posteriormente. Achei que seria um tema “simples” e que seria “fácil” achar um vinho que se enquadrasse no perfil que sugeri. Ledo engano (risos). Ao começar a busca rapidamente se verifica que os Chardonnay barricados são maioria. Os produtores usam a barrica até como status para o vinho, creio. Daí então é difícil encontrar um Chardonnay que possamos garantir as características varietais sem ter passagem por madeira (e mesmo quando encontramos isto não está devidamente escrito no rótulo). Complicado, portanto; fiquei até orgulhoso com o tema que escolhi – foi desafiador, afinal (risos). Continuar Lendo

Boa Dica: Aurora Varietal Pinot Noir 2015

 

Amigos, ouvi muitos comentários positivos sobre este vinho. Muitas pessoas falaram sobre suas qualidades, especialmente se levarmos em conta seu preço de mercado. Como todos sabem, vivemos atualmente tempos complicados na economia, com aumento do dólar, crise financeira e a iminência do aumento dos impostos para os vinhos (é, não tá fácil). Os vinhos que já são caros ficarão ainda mais distantes do bolso do consumidor. Neste cenário não tão animador, creio que este post venha a calhar muito bem.

O vinho é elaborado pela Cooperativa Vinícola Aurora, de Bento Gonçalves, possivelmente uma das mais tradicionais bodegas brasileiras. Continuar Lendo

Espumante Marcus James Brut

Estimados amigos, devo lhes dizer que não sou o que pode se chamar de um consumidor de carteirinha da vinícola Aurora, mas tenho um certo apreço pelo seus espumantes. Não tenho vergonha de dizer que o Conde de Foucauld foi um dos primeiros espumantes que bebi na vida (embora acredito até que já fora bem melhor do que é hoje). Já passou também por aqui o Moscatel deles, que apesar de eu ter achado um pouco doce demais, é bem-feito, honesto e com preço justo (relembre).

Este espumante Marcus James foi bem comentado por alguns blogueiros que provaram ele em algumas feiras e me chamou a atenção. Já que aqui em casa adoramos espumantes resolvi experimentar. É um assemblage de Chardonnay e Riesling, elaborado pelo método Charmat e com 11,5% de álcool.

Em taça tem coloração amarelo palha dourado. Perlage abundante, com borbulhas pequenas, formando um colarinho que se manteve por um bom tempo. Perlage com persistência um pouco curta, mas nada que comprometesse o espumante. Belo rótulo, com bonita apresentação. No nariz, aromas de frutas brancas com notas de melão e damasco, além de uma leve lembrança dos aromas da fermentação, como pão, fermento, etc. Em boca é mais cítrico do que aparenta no nariz. É leve, conseguindo deixar uma pequena sensação de amanteigado. Frutado confirmando o olfato. Refrescante. Discreto amargor no final, mas sem incomodar. Detalhe: é um dos bruts menos secos que já provei, deve ser quase um Demi.

É um espumante simples, mas muito bem feito. Agradável e saboroso, com excelente custo-benefício – pela garrafa pagamos tão somente 17 reais. Vai agradar especialmente aqueles que preferem espumantes não tão secos, pois é mais leve e fácil de tomar que a média. Uma bela opção para o dia a dia, com certeza.

Saúde!