Um Espumante de Respeito para a Ceia de Natal: Shabo Gold Brut – Direto da Ucrânia!

Amigos, hoje trazemos mais uma dica para as festas de fim de ano, desta vez, um belo e estruturado espumante da Ucrânia, elaborado pelo Método Tradicional (Champenoise) e que adquiri através do Clube Winelands, do qual sou associado.

O espumante é elaborado pela Shabo, com uvas Chardonnay e Pinot Noir, pelo método Tradicional, ou seja, a segunda fermentação, onde ocorre a tomada de espuma, ocorre dentro da própria garrafa onde o espumante se encontra – e que, posteriormente, irá para as mãos do (feliz) consumidor. Continuar Lendo

Um Surpreendente Tinto da Ucrânia: Shabo Cabernet Sauvignon 2014

Amigos, o vinho de hoje acompanhou o Sauvignon Blanc que escolhi para a CBE no mês passado na seleção do Clube de Vinhos Winelands (relembre), que contou com exclusivos rótulos importados da Ucrânia. Pelo que tenho lido em outros blogs e redes sociais, aparentemente os vinhos do produtor Shabo agradaram bastante aos enófilos – e aqui em casa não foi diferente, tanto que já temos um espumante da última seleção mensal guardadinho para ser degustado em breve, deste mesmo produtor.

Pois o rótulo de hoje é um exemplar elaborado com aquela que é dita a rainha das uvas tintas – a Cabernet Sauvignon, variedade que sempre nos cativou muito desde os primórdios aqui no blog e que sempre teve um lugar especial na “lista” das variedades que mais apreciamos.  Continuar Lendo

Um Ótimo exemplar da UCRÂNIA para a #cbe: Shabo Sauvignon Blanc 2014

Shabo_Sauvignon_Blanc_2014

Feliz Ano Novo amigos! Cá estamos com o primeiro post de 2017 – escolhido justamente para atender ao tema da nossa querida Confraria Brasileira de Enoblogs. O primeiro tema do ano foi sugerido pelo confrade confrade Victor Beltrami, que escreve o excelente Balaio do Victor – um dos blogs que a mais tempo acompanho. Victor sugeriu: “um vinho de um país que nunca provamos, branco ou tinto, e se possível propormos uma harmonização”.

Para atender ao tema proposto lancei mão de um vinho do Clube Winelands, o clube que assino já alguns meses e que tem atendido muito bem minhas expectativas por sinal. Aliás, no quesito “vinhos de países ‘diferenciados'” creio que o clube seja praticamente imbatível. Continuar Lendo